• Nina Brandt

O treino não vai te salvar



O aumento do gasto calórico, da exigência de adaptação/recuperação maiores não são diretamente proporcionais a uma melhor qualidade de vida ou satisfação corporal. Muitas vezes procuramos uma via direta entre a situação atual e a ideal, e colocamos o treino como parceiro único nessa jornada, quando na verdade ele é apenas uma parte (importante, é verdade, mas apenas uma parte) de todo um tecer de hábitos, estudo e sabedoria. Para que as mudanças realmente significativas aconteçam, é necessário ter em mente que o treino precisa dar as mãos à boa alimentação (alimentação saudável não é igual pra todos e também não é um tipo de hype de vida fitness, mas é sim necessária pra boa recuperação e preparação pra treinos e situações desafiadoras da vida que possam acontecer, entre outras coisas), além de ser aliado a uma boa noite de sono (como tudo, não é só quantitativo, portanto 8h completas de um sono ruim são ruins, independente de ter-se dormido 8h na noite), e ainda abraçar todo um estilo de vida que coloque você em primeiro lugar (antes das suas realizações, das suas conquistas, do seu status, das suas posses e qualquer coisa que esteja fora de você).

E além desse conjunto de hábitos formadores da boa saúde, é preciso encontrar a razão pela qual você quer mudar e agir de acordo com o que você tem de informação para que isso aconteça, muitas vezes colocando na prática coisas que você não tem a menor vontade de fazer. É comum que a motivação não exista, e é essencial agir da mesma forma. É preciso ter foco para mudar, e isso significa mirar no objetivo que for e viver absorvendo os desdobramentos do estudo do que funciona melhor pra si. A sociedade tenta formatar, reduzir, massificar e transformar em receita de bolo as nossas jornadas, mas isso, como sabemos, não funciona. Não é que não seja simples, mas pra simplificar é preciso arregaçar as mangas, buscar respostas e juntar os pontos. E esse caminho pode até ter semelhanças com outros e outras pessoas podem, e devem, fazer parte, mas só você pode percorrer e a adaptação são trabalho e responsabilidade unicamente seus. Mantenha-se bem. Mantenha-se forte.

0 visualização

Carolina Brandt Meister

  • Instagram

CREF: 019296 G/PR

ninabrandt22@gmail.com
(41) 991118822

Insira seus dados para receber as minhas publicações: