• Nina Brandt

O poder do erro

Não sei exatamente o que aconteceu pra gente repelir tanto o erro, pra gente ter uma sensação de que é menos, ou pior, por causa dele. Fico refletindo as vezes sobre o que significa errar e como isso se tornou tão negativo. Será que achamos que nascemos prontos e que errar significa regredir pra um lugar não natural da existência? Será que o erro é totalmente ruim ou significa sempre a mesma coisa – em geral algo negativo, algum rótulo de personalidade? E por qual outra maneira, se é que não nascemos prontos, vamos crescer e evoluir, se não errando e colhendo o aprendizado do erro?

O erro é o elo do meio, depois da tentativa, antes do aprendizado. Olhando dessa forma, podemos entender por que tudo isso é tão importante: tentar significa arriscar alguma coisa, com alguma experiência e alguma teoria (as vezes bem pouca), esperando um certo resultado que na verdade pode vir a ser muitas coisas; o erro em si é a descoberta de que a sua tentativa não alcançou a sua expectativa, ou seja, você não chegou onde queria tomando aquele risco; e o aprendizado é a habilidade de olhar pra tudo isso que houve, descartar o que é inútil, usar o que serve e juntar mais algo seu (lembranças de uma citação do Bruce Lee) pra que possa haver uma próxima tentativa que leve você mais perto da onde você quer chegar. Por isso também é tão importante ter objetivos claros, separados em metas. Tem uma frase que diz que se você não sabe pra onde vai [navegar], nenhum vento pode ser favorável. E, no fim, se não temos uma idéia de o que queremos atingir, acaba que oportunidades viram apenas notícias, parcerias em potencial viram apenas encontros casuais, e assim segue.

Vendo dessa maneira, é fácil perceber que errar nada mais é do que subir os degraus da escada da conquista. As pessoas mais bem sucedidas do mundo tem uma verdadeira coleção de erros em sua história. Isso passa longe de ser uma coincidência. É comum que a gente não observe, já que a mídia geralmente só mostra a linha de chegada, o palco, os aplausos. Mas acredite, por trás de um grande sucesso (lembrando que significa coisas diferentes pra cada um) sempre há uma história cheia de erros, falhas e reprogramações de rotas. E aí, o que você tem tirado dos seus erros?

17 visualizações

Carolina Brandt Meister

  • Instagram

CREF: 019296 G/PR

ninabrandt22@gmail.com
(41) 991118822

Insira seus dados para receber as minhas publicações: